MENU

Alta Floresta - MT

Sábado, 22 de Julho de 2017

Gestores da regional de Alta Floresta passam a realizar CIR itinerante

A ação tem por objetivo promover o fortalecimento da região

Divulgação/Assessoria

Jaqueline Siqueira - Assessoria

Postada em 18 de Abril de 2017 às 09h07min

Os municípios pertencentes a regional de Alta Floresta no intuito de fortalecer as ações de saúde inovaram e passam a realizar as reuniões da Comissão Intergestores Regional (CIR) de forma itinerante, ou seja, cada mês em uma das cidades pertencentes à região de saúde. A primeira cidade a receber a CIR Itinerante será Paranaíta, cuja reunião está agendada para ocorrer no dia 20 de abril.

A ação tem por objetivo promover o fortalecimento da região, através do conhecimento in loco dos gestores da realidade local dos municípios verificando assim as deficiências, potencialidades e capacidade instalada. A proposta da realização das reuniões itinerantes foi feita pelo gestor de Paranaíta, Marcelo com base no que o grupo já realizava nos encontros do Colegiado de Gestores Municipais (CGM).

A aprovação das reuniões itinerantes foi tomada por consenso pelos seis secretários municipais de saúde durante CIR ocorrida no dia 27 de março deste ano, como explica a secretária de Saúde de Apiacás, Fabiane.

“A regional denominada Alto Tapajós é composta pelos municípios de Alta Floresta, Apiacás, Carlinda, Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde e Paranaíta, cuja distância entre si e as más condições das estradas é amplamente conhecida”, salienta a gestora.

Os gestores atuam como vices regionais no Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (COSEMS/MT), que tem por principio o fortalecimento da gestão municipal e apoio incondicional ao SUS.

Marcelo explica ainda que a decisão das reuniões itinerantes parte da necessidade de levar o grupo formado por representantes da gestão municipal e equipe técnica do Escritório Regional de Saúde a todos os municípios pertencentes à região de saúde, vivenciando assim as dificuldades de cada um. “As reuniões ocorriam sempre em Alta Floresta, sendo que os gestores e equipe técnica municipal se deslocavam até o polo, com a mudança agora todos irão se deslocar aos demais municípios”, explicou.

Para a presidente do COSEMS/MT, Silvia Regina a ação salutar, pois propõe um maior debate com os municípios pertencentes a regional, fazendo com que as realidades sejam melhor vislumbrada. “A realização da CIR em diversos locais proporciona um aprendizado ainda maior. No início do ano a equipe do COSEMS/MT realizou o acolhimento regionalizado, indo em cada uma das 16 regionais e somente assim pudemos ver e debater melhor a realidade local, é preciso que isso ocorra em outras regionais para que a experiência compartilhada”, finaliza.

CIR

A Comissão Intergestores Regional (CIR) é uma instância de cogestão no espaço regional com o objetivo de constituir um canal permanente e contínuo de negociação e decisão entre os gestores municipais e o estado para constituição de rede regionalizada, pactuando de forma consensual a definição das regras da gestão compartilhada do Sistema Único de Saúde (SUS), composta por representantes do Escritório Regional de Saúde de Alta Floresta (ERS-AF) e de todos os secretários municipais de saúde da região. 

Cabem às CIR’s a pactuação, organização e o funcionamento em nível regional das ações e serviços de saúde integrados na Rede de Atenção à Saúde (RAS). Colaborando, ainda, com a organização do SUS no Estado, para cumprir seus objetivos maiores, de aperfeiçoar a universalidade da saúde, garantir a integralidade da assistência e obter a equidade de acesso às ações e serviços de saúde entre as diferentes regiões do Estado.

O Mato Grosso possui 16 regiões de saúde e em cada região sua CIR, sendo que elas possuem Regimento Interno que estabelece os fluxos e a operacionalidade da referida Comissão.


SOLO Plus